A maquininha de cartão Point Mini é boa?

Mercado Pago Point Mini

O Mercado Pago oferece três tipos de maquininhas de cartão. A Point Mini é o modelo mais básico oferecido – os outros são a Point Mini Chip e a Point Smart. Apesar de algumas ilimitações, quem compra o aparelho tem direito a todos os benefícios oferecidos pela empresa operadora. Seus principais atrativos sã a portabilidade (ela cabe no bolso da calça, por exemplo) e o baixo custo para comprá-la.

Você está pensando em adquirir uma maquinha e considera a possibilidade de comprar a Point Mini, mas tem dúvida se ela se encaixa naquilo que você busca para o seu negócio? Aqui nesse texto, você encontrará as respostas para os principais questionamentos que rondam a sua cabeça sobre esta máquina de cartão.

Ao chegar ao final do nosso review, você terá uma quantidade de informações suficiente para decidir se vale a pena ter a Point Mini do Mercado Pago ou se, no seu caso, é melhor adquirir um outro modelo.

A maquininha Point Mini do Mercado Pago é boa?

A maquininha Point Mini é boa?

A definição se uma maquininha de cartão pode ser considerada boa ou não varia conforme a necessidade de quem a compra. Se você busca uma máquina completa, com muita tecnologia e que permita um grande número de operações diárias, a Point Mini não é o modelo mais indicado para aquilo que você precisa.

Agora, caso suas necessidades sejam mais básicas, ela pode ser uma boa opção de entrada no mundo do empreendedorismo. Mesmo que dentro do perfil de modelos básicos oferecidos no mercado, a Point Mini do Mercado Pago não seja a mais moderna, ela conta com alguns recursos interessantes. Existem também vantagens atreladas por ter em mãos um produto do Mercado Pago. Para quem ainda tem um volume diária de vendas baixo, a aquisição da Point Mini deve ser considerado.

Antigamente na versão preta e, agora, azul, a Point Mini tem como principais concorrentes a Minizinha, do PagSeguro, a Sumup Top, da Sumup, entre outras.

Maquininha precisa de celular

Esse modelo não funciona sozinho. Uma das limitações da Point Mini é a necessidade de um telefone celular ou tablet para poder funcionar. Ao contrário de outros modelos disponíveis no mercado de máquinas de cartão, ela não conta com chip embutido. Além de não funcionar sozinha, os dados utilizados por ela são os do plano telefônico do empreendedor ou utilizando uma rede Wi-Fi, o que não sempre é possível para quem trabalha na rua. Existem máquinas que já vem com chip e com plano de dados ilimitados.

Para conseguir utilizá-la é preciso instalar o aplicativo do Mercado Pago no telefone celular ou no tablet. O app é bastante simples e eficiente, funcionando tanto com o sistema operacional Android quanto no iOS. Ele não roda no Windows Phone. No Android, é preciso ter a versão 4.0.3 ou superior. No sistema iOS, ele funciona a partir da versão 9.

O Mercado Pago concede junto com a Point Mini uma garantia de três anos no aparelho. A bateria tem duração de até 8 horas. A autonomia não é das maiores e pode dificultar quem vive na rua e não consegue parar para carregar a maquininha, o que pode impedir que aconteça um grande volume de vendas.

Junto com esse modelo vem um carregador USB para realizar o recarregamento. Para fazer a recarga da bateria na luz elétrica é preciso ter um adaptador.

Contras da Point Mini

Além das limitações da bateria, a Point Mini apresenta outros dois pontos negativos que limitam a vida do empreendedor. Os dois estão relacionados aos tipos de cartões aceitos nos pagamentos.

O único tipo de cartão aceito pela máquina são os com chip. Cartões que utilizam somente a tarja magnética não são aceitos – existem máquinas que funcionam com este tipo de cartão e outras em que eles funcionam somente através do uso de um aplicativo. No caso da Point Mini, nem mesmo no aplicativo é possível pagar por tarja magnética. Porém, cartões que utilizam exclusivamente a tarja são cada vez mais raros.

Os pagamentos por aproximação também não são aceitos na Point Mini. Essa modalidade tem ganhado cada vez mais adeptos no Brasil. Ela funciona com a aproximação do cartão, do celular ou do smartwatch junto à maquininha para efetivar a compra. Dependendo do valor da transação, nem mesmo é preciso digitar a senha.

Embora a imensa maioria dos cartões utilizados no país tenham chip, não aceitar cartões que usam somente tarja magnética ou aproximação pode ser um limitador.

O outro problema está relacionado diretamente com quem tem empreendimentos no setor de alimentação. A Mercado Pago trabalha com as principais bandeiras de cartão, mas com poucas bandeiras de vouchers vale-alimentação.

No momento, a Point Mini funciona apenas com a bandeira Sodexo. Se você possui um restaurante que trabalha com um grande volume de pagamentos por meio de vouchers, esse modelo pode lhe deixar na mão em algum momento.

Point Mini tem um bom preço

Esse modelo é fácil de transportar. Por ser leve e pequena, a Point Mini cabe até mesmo no bolso da calça. Um dos principais atrativos do aparelho está o preço baixo para a aquisição. O equipmaneto pode ser adquirido por R$ 58,80. O valor pode ser pago à vista no boleto e no cartão de débito. Ou ainda, parcelado em 12 vezes de R$ 4,90 no cartão de crédito.

Esse será o único custo que você terá ao adquirir a máquina do Mercado Pago. Não há nenhuma cobrança de aluguel nem de taxa de adesão. Você só terá que pagar algum valor quando utilizar a maquininha. A seguir veremos como funciona a cobrança de taxas da operadora.

As taxas cobradas pela Point Mini

Taxas Point Mini

Uma das vantagens deste modelo é que não há a cobrança de taxa de adesão ou aluguel pelo uso. Você só será cobrado quando realizar um venda. As comissões variam conforme a modalidade de pagamento. O Mergado Pago oferece três tipos: pagamento no débito, no crédito à vista e no crédito parcelado – o valor pode ser dividido em até 12 vezes. Outro fator importante é o modo como você optará por receber o valor das vendas. São três modalidades: à vista, em 14 dias e em 30 dias. Cada uma tem uma tarifação diferenciada.

Vale ressaltar que, em um primeiro momento, o valor da transação será depositado na sua conta virtual, criada automaticamente ao adquirir a Point Mini. Somente depois que o dinheiro entrar nessa conta que você poderá transferi-lo para uma no seu banco de preferência, seja ela corrente ou conta-poupança, caso você queira.

As taxas aplicadas pelo Mergado Pago são bastante competitivas. Vamos a elas.

Débito: Nessa modalidade de pagamento, o dinheiro cai imediatamente em sua conta virtual. A comissão cobrada pelo Mercado Pago é de 1,99%.

Crédito à vista: Este tipo de modalidade disponibiliza três opções para receber o pagamento na sua conta virtual: na hora, em 14 dias ou em 30 dias. Cada opção possui uma tarifação diferente.

Caso você opte pelo depósito do valor na sua conta virtual de maneira imediata, a taxa cobrada será de 4,74% do valor da venda. Se a opção for por receber o valor em 14 dias, a tarifa sobre um pouco, ela será de 3,79%. Caso queira receber o dinheiro em 30 dias, a comissão cobrada pelo Mercado Pago é de 3,03%.

Crédito parcelado: Aqui as taxas cobradas pelo Mercado Pago vão depender de duas escolhas. A diferença, ao final pode ser bastante significativa. A primeira será o tempo que levará para que o dinheiro ficar disponível. Assim como no crédito à vista e no crédito parcelado, você pode optar por receber o pagamento na hora, em 14 ou em 30 dias – o valor integral da compra será depositado na sua conta independentemente da opção, mesmo se a venda for parcelada. Além disso, será acrescido uma tarifa que varia conforme o parcelamento. A venda pode ser feita em até 12 vezes.

Para receber o valor na hora, a tarifa cobrada pelo Mercado Pago é de 5,31% mais a taxa referente ao número de parcelas.

Para receber o valor em 14 dias, a tarifa cobrada pelo Mercado pago é de 4,36% mais a comissão pelo número de parcelas.

Para receber o valor em 30 dias a tarifa cobrada pelo Mercado Pago é de 3,60% mais a tarifa referente ao número de parcelas.

Abaixo confira a tarifação de acordo com o número de parcelas que a venda foi efetuada.

Número de ParcelasTaxas
24,09%
35,41%
46,70%
57,96%
69,20%
710,41%
811,61%
912,78%
1013,92%
1115,05%
1216,15%

Por tanto, caso a transação seja efetuada em 5 vezes, por exemplo, e você opte por receber o dinheiro na hora, você pagará 5,31% referente a esta modalidade mais 7,96% referente ao número de parcelas. Ao todo, serão descontados 13,7% do valor da transação.

Como funciona na prática

Como funciona a Point Mini?

Vamos a um exemplo prático comparando duas opções extremas. Suponhamos que você efetuou uma venda de R$ 1.000. Caso você faça a venda no crédito parcelado em duas vezes e tenha optado por receber o dinheiro em 30 dias, você pagará uma taxa de 4,9% pelo parcelamento em duas vezes mais os 3,60% da tarifa da transação de crédito parcelado com depósito em 30 dias. Ao todo, você será taxado em 8,5%. Em 30 dias entrarão na sua conta R$ 915.

Agora, se você fez a mesma venda, porém ela foi dividida em 12 prestações e você optou por receber o pagamento na hora, a conta fica a seguinte: 16,15% referente ao pagamento das 12 parcelas mais 5,31% por receber o pagamento na hora. O total de taxa cobrado será de 21,46%. Nesse exemplo hipotético, entrará automaticamente na sua conta o valor de R$ 785,40.

Nesse exemplo, a diferença entre a taxação da venda no crédito parcelado em duas vezes com o dinheiro entrando na conta em 30 dias e o parcelamento em 12 prestações com o valor sendo depositado imediatamente foi de R$ 129,60.

Conta e cartão Mercado Pago gratuito

Conta e cartão Mercado Pago

Ao adquirir a sua Point Mini, você recebe junto um cartão pré-pago do Mercado Pago. Não há cobrança de anuidade ou nenhum outro tipo de taxa cobrada. Ele é da bandeira Mastercard.

Caso você não tenha conta bancaria, esse cartão serve para fazer o saque do saldo da sua conta virtual, não havendo a necessidade de você abrir uma conta em uma instituição financeira. O saque pode ser efetivado nos caixas eletrônicos da rede Banco 24Horas ou em casas lotéricas. Porém, para efetivar a ação, é cobrada uma taxa de R$ 9,90 por saque.

O cartão serve também para realizar compras online e em lojas físicas que aceitem o pagamento com a bandeira Mastercard, funcionando como um cartão de crédito internacional.

Conta do Mercado Pago

Conta Mercado Pago

Adquirir a Point Mini é muito fácil e rápido. Não há nenhum tipo de burocracia. Você só precisa realmente fazer a compra. Você não precisa fazer nenhum tipo de comprovação de renda ou aprovação de cadastro ou enviar documentos de qualquer espécie. É como você comprasse um produto qualquer em uma loja no shopping. A aquisição da maquininha pode ser feita tanto por pessoas jurídicas quanto por pessoas físicas.

Não é preciso sequer ter uma conta bancaria para ter a sua máquina. Ao adquirir uma Point Mini, automaticamente você terá ativada uma conta virtual no Mercado Pago. Será nessa conta que o valor de suas transações será depositado. Depois você pode fazer a transferência para a sua conta bancária caso deseje.

Se você não possui uma conta bancaria, essa conta virtual será o suficiente para você realizar todas as movimentações necessárias com os valores recebidos ao usar a Point Mini.

A conta virtual do Mercado Pago permite realizar diversas transações como pagamento de contas, transferências para qualquer conta de banco, recarga de telefone celular, entre outras transações financeiras. Ela funciona como uma conta-corrente normal, entretanto, não está trelada a uma instituição financeira.

Caso você opte por não fazer transferência de seus ganhos, o dinheiro depositado nessa conta fica rendendo. O Mercado Pago também realiza empréstimos para quem adquirir uma de suas máquinas de cartão. Os empréstimos são liberados somente após o três primeiros meses de utilização da Point Mini ou de outro modelo vendido pela operadora. A empresa disponibiliza valores de até R$ 50 mil, de acordo com o volume de vendas efetivadas com a maquininha de cartão.

Também será possível comprar itens no Mercado Livre através da sua conta ou do seu cartão. Existem outras vantagens ao comprar a Point Mini. Quem adquirir a máquina terá descontos exclusivos no Mercado Livre. Além de benefícios em plataformas de streaming e descontos em pagamentos com QR Code pelo aplicativo do Mercado Pago.

Como configurar e usar a Point Mini?

O modelo de operação da Point Mini é bastante simples e intuitivo de usar. A maior parte do processo será feita através do telefone celular ou do tablet.

A etapa inicial, após receber a sua máquina, será instalar o aplicativo do Mercado Pago no seu telefone celular ou no tablet. Após baixar o app, será preciso fazer o seu cadastro inicial.

Com o cadastro completo, vá até o menu e escolha o item Seu Negócio. Lá procure pela opção Point. Na sequência, vá na opção Maquininhas Bluetooth. Nessa seção, selecione Conectar Maquininhas.

Então, escolha o modelo da sua maquininha, no caso, a Point Mini. Se você ainda não ligou o aparelho, ligue. Na sequência, você terá que digitar a senha que fará o pareamento entre o equipamento e o telefone celular ou tablet. Pronto, a configuração inicial está feita e ela está quase pronta para ser colocada em ação. Você poderá parear a Point Mini com quantos dispositivos você quiser.

Antes de começar a efetivamente poder trabalhar com a máquina de cartão, você precisará passar mais algumas informações ao Mercado Pago. Entre os dados que devem ser fornecidos estão o nome do estabelecimento que aparecerá na fatura de cartão do cliente e definir a opção que você quer para receber os pagamentos na sua conta, se na hora, em 14 dias ou se em 30 dias. Depois de confirmar essas duas últimas informações, o próximo passo é começar a vender e utilizar a Point Mini.

Como é feita a transação na Point Mini

A venda é efetivada em poucos passos e de forma prática. O aplicativo é bastante intuitivo. O valor da transação é digitado no celular através do aplicativo. Depois, é feita a seleção do tipo de cartão (crédito ou débito) que será feito o pagamento.

Então, o cliente insere o cartão na máquina, digita a senha na Point Mini e a compra será efetivada automaticamente. Vale salientar que a Point Mini não faz pagamentos com aproximação e não aceita cartões que funcionam apenas com tarja magnética.

Esse modelo não conta com bobina para a impressão do comprovante de pagamento. Caso o cliente deseje recebê-lo, o comprovante pode ser enviado por mensagem SMS ou por e-mail. O processo de envio é feito pelo telefone celular ou tablet. Embora pouco utilizada, ainda existe a opção de fazer a impressão do comprovante utilizando uma impressora.

Principais bandeiras aceitas Point Mini

Principais bandeiras aceitas Mercado Pago Point Mini

As bandeiras aceitas pela Point Mini estão entre as mais populares do mercado e são as mesmas aceitas nas outras máquinas vendidas pelo Mercado Pago. Quem adquire esse modelo não deverá ter nenhuma dificuldade relativa ao tema. Entretanto, existem máquinas de outras operadoras compatíveis com uma maior quantidade de bandeiras.

Até pouco tempo, esse modelo não aceitava o pagamento com nenhum tipo de voucher vale-refeição, o que dificultava a vida de quem trabalha no setor de restaurantes. Mas, recentemente, ela passou a trabalhar com a bandeira Sodexo. Porém, ainda é somente uma bandeira que está habilitada a operar na Point Mini.

Confira abaixo as bandeiras aceitas pela Point Mini.

Débito: Visa, Mastercard e Elo.

Crédito: Visa, Mastercard, Elo, Hipercard, American Express e Dinners.

Voucher: Sodexo.

Ficha técnica

A Point Mini, da operadora Mercado Pago, é um modelo de máquina de cartão portátil e que possui um preço de venda que está entre os mais baixos oferecidos pelas operadoras de maquininhas. O seu tamanho reduzido (ela cabe no bolso da calça) dá a ela a aparência de ser um pouco frágil.

É um modelo básico, recomendado para quem está iniciando no empreendedorismo. Um dos limitadores apresentados é a baixa autonomia da bateria, o que pode limitar o volume de negócios diários e pode ser um fator preponderante na hora de você escolher o modelo ideal para o seu perfil de negócio.

Veja abaixo todos os itens da ficha técnica da Point Mini do Mercado Pago.

  • Tamanho: 10 cm de comprimento; 5,9 cm de largura; e 1,35 cm de altura
  • Peso: 88g
  • Bateria: dura até 8 horas
  • Conectividade: Bluetooth
  • Garantia: 3 anos
  • Teclado: físico
  • Tipo de cartão: com chip (não aceita tarja magnética)
  • Visor: monocromático
  • Voltagem: bivolt
  • Acessórios: junto com a Point Mini, você recebe adesivos das bandeiras que são aceitas pela máquina; cabo USB para recarregar a bateria; e manual de instruções.

A Point Mini é uma máquina barata com recursos básicos. Ela é ideal para quem está começando a empreender agora e ainda não possui um grande volume de transações. Para este perfil, a maquinha do Mercado Pago é uma boa porta de entrada, abrindo a possibilidade para receber pagamentos das principais bandeiras de cartão existentes no mercado.

Porém, esse modelo precisa ser recarregado com constância. Caso isso não seja um problema para você, ela pode ser uma escolha que satisfaça as suas necessidades profissionais.

Não ter a necessidade de possuir uma conta bancaria é outro facilitador para quem opta pela Point Mini. Outro ponto positivo são as taxas baixas comparadas aos valores cobrados por outras operadoras de máquinas de cartão de crédito.

Além da bateria ter uma autonomia reduzida, a Point Mini apresenta outros limitadores. É preciso ter um celular ou tablet vinculado a ela – já existem modelos que possuem chip acoplado e com dados ilimitados.

Ela também aceita apenas pagamentos com cartões com chip, não efetivando transação com aqueles que utilizam somente a tecnologia de aproximação ou ainda são de tarja magnética.