A maquininha de cartão Minizinha Chip 2 é boa?

Minizinha Chip 2

Após o grande sucesso da Minizinha Chip, o Pagseguro lançou uma versão atualizada da maquininha. A Minizinha Chip 2 é um aparelho com inúmeros atrativos para o empreendedor.

Entre eles estão o chip próprio, com pacote de dados incluso, e a aceitação de uma grande quantidade de bandeiras de cartão de débito e crédito, além de aceitar o pagamento por meio de vouchers vale-alimentação. Porém, esse modelo também apresente algumas limitações.

Se você está em dúvida se deve adquirir uma dessas máquinas, aqui neste guia você encontrará a resposta para os seus questionamentos. Além de diversas explicações, apresentaremos uma lista de prós e contras dessa maquininha que não precisa de celular para funcionar.

Minizinha Chip 2 é boa?

Minizinha Chip 2 é boa

A Minizinha já era considerada uma máquia boa pelos empreendedores. A nova versão traz algumas atualizações e algumas novas funcionalidades. Em outras palavras e de maneira sucinta, sim, a Minizinha Chip 2 é uma boa máquina de cartão, pois possui mais virtudes do que defeitos ou limitações.

O quão boa ela é dependerá das suas necessidades. Mas, de modo geral, pode-se dizer que ela é uma alternativa interessante para quem busca esse tipo de aparelho, principalmente para quem ainda tem um negócio que está começando.

Os dois principais atrativos apresentados nessa versão da Minizinha são o chip e a utilização da tecnologia NFC. O chip vem junto com a máquina de cartão e conta com pacote de dados gratuito e ilimitado. Não há custos para quem adquire a Minizinha Chip 2 nem há a necessidade de fazer a recarga do pacote.

Tudo é feito automaticamente pelo PagSeguro. A utilização do chip faz com que não seja necessária a vinculação da máquina a um telefone celular, o que é um facilitador para realizar as operações.

Tecnologia NFC e mais características

A Minizinha Chip 2 conta com tecnologia NFC, que é uma tecnologia que está em expansão e possibilita o pagamento sem a necessidade de inserir o cartão na máquina. Basta aproximar o cartão perto do visor do aparelho para efetivar a compra. NFC é a sigla para Near Field Communication (Comunicação de Campo Próximo, em português).

O design do aparelho sofreu uma leve atualização em relação ao modelo anterior. O visor ficou um pouco maior, facilitando a verificação dos dados da transação. Ao adquirir a Minezinha Chip 2, o usuário ainda terá direito a uma garantia de cinco anos do aparelho.

A máquina funciona tanto no débito quanto no crédito, além de aceitar voucher de vale-refeição. A maquininha pode ser adquirida tanto por pessoas físicas quanto por pessoas jurídicas de qualquer segmento de atuação. Porém, para a modalidade de pagamento por voucher, o empreendedor precisa ter um CNPJ ligado ao setor de alimentação para poder utilizar essa opção.

A bateria da máquina tem boa autonomia. Ela tem capacidade para funcionar por até 10 horas – após carregamento de oito horas. O aparelho vem com carregador USB, mas, com um adaptador, também pode ser recarregado com energia elétrica.

Taxas da Minizinha Chip 2

Taxas

As taxas cobradas pela Minizinha Chip 2 são bastante competitivas. Uma das vantagens é que não há cobrança de aluguel nem taxa de adesão. Outro ponto positivo é que não existe nenhuma cobrança fixa. Todas as tarifas são proporcionais e estão vinculadas às vendas. Ou seja, se, por algum motivo, você ficar sem utilizar a sua máquina, nenhuma cobrança será efetivada.

Para quem está adquirindo a sua primeira máquina de cartão há um incentivo a mais. Não há cobrança de taxa nos três primeiros meses ou nos primeiros R$ 1.500 em vendas.

No débito, a taxa cobrada é de 1,99% por transação no primeiro ano. Nos anos subsequentes, o índice sobe para 2,39%. Um fator relevante é a liberação imediata do valor para o empreendedor. Porém, o dinheiro cai na sua conta virtual do PagSeguro – como veremos mais adiante - e, depois, pode ser transferido para sua conta em qualquer instituição bancária.

No cartão de crédito os valores tarifados são um pouco mais elevados. No crédito à vista e com pagamento imediato ao dono da máquina, a taxa cobrada é de 4,99%. A venda parcelada no crédito com o valor sendo disponibilizado ao vendedor na hora é de 5,99%. Caso a opção seja por receber o valor em 14 dias, as taxas são um pouco mais baixas: 3,99% em vendas à vista e 4,59% em vendas a prazo. Se o recebimento do pagamento for em 30 dias, a comissão cai um pouco mais, 3,19% à vista e 3,79% a prazo.

O número de parcela também interfere na taxação. Quanto maior o número de vezes que uma compra será dividida, maior a porcentagem que fica para o PagSeguro.

O valor recebido fica disponibilizado na a conta virtual PagSeguro, ao adquirir a máquina você recebe um cartão PagBank. O saque do valor pode ser feito na rede Banco 24horas com pagamento de taxa a cada saque, além de poder realizar compras pela internet. Também é possível efetuar a transferência para uma conta de qualquer banco de maneira gratuita, seja ela conta-corrente ou poupança.

Entenda como funciona na prática

Vamos dar um exemplo concreto para que fique mais claro como funciona a cobrança de taxas dessa máquina. Vamos supor que a transação efetivada foi de R$ 1.000 (mil reais). Caso o pagamento seja feito no débito, o empreendedor receberá na hora R$ 976,10.

Se a opção de pagamento escolhida for o crédito a vista, o empreendedor receberá R$ 950,10. caso opte por receber o pagamento instantaneamente. Se a opção for por receber em 14 dias, ele embolsará R$ 960, 10. Se optar por receber em 30 dias, R$ 968,10 entrarão na conta.

Caso a compra tenha sido feita no crédito parcelado, a quantia a ser recebida dependerá do número de parcelas – a transação pode ser realizada em até 12 vezes, quantos mais parcelas, maior a tarifa. Caso a negociação seja fechada em duas parcelas, o pagamento na hora renderá R$ 900,90 ao empreendedor. O pagamento em 14 dias significará um valor de R$ 910, 90 na conta. E em 30 dias de R$ 918,90.

A título de curiosidade, caso o parcelamento seja realizado em 12 vezes, os valores que serão recebidos pelo proprietário da máquina seriam os seguintes:

  • Na hora: R$ 774,10
  • Em 14 dias: 784,10
  • Em 30 dias: 792,10

O valor da maquinha é um dos seus grandes atrativos. Além de um valor baixo para fazer a aquisição, não há nenhum tipo de cobrança extra além das tarifas relativas a cada transação efetivada.

O custo inicial da Minizinha é de R$ 94,80, podendo ser parcelado em 12 vezes de R$ 7,90. A partir da compra do aparelho, você passará a pagar somente as tarifas relativas às suas vendas.

Como funciona a Minizinha Chip 2?

Como funciona

Adquirir a Minizinha Chip 2 (veja mais detalhes abaixo) é rápido e fácil. A aquisição é feita sem burocracias. Ela acontece sem a necessidade de apresentação de qualquer tipo de documento, comprovação de renda e nem a temida análise de crédito. A entrega é rápida, e o frete é grátis.

Ao realizar a compra do equipamento será necessário preencher um cadastro e criar a sua conta virtual. Entre as informações solicitadas estão: dados pessoais e número da conta bancária, se você tiver. Vale ressaltar que, caso você não tenha uma conta-corrente, não há com o que se preocupar. Você poderá utilizar o cartão PagBank, que chegará junto com o aparelho.

Além da conta principal, existe a possibilidade de serem adicionadas outras cinco contas à mesma maquininha. Ou seja, a Minizinha Chip 2 pode ser compartilhada com outros empreendedores. Cada conta vinculada à máquina terá um acesso diferente para o faturamento. Assim, cada empreendedor manterá a privacidade do seu negócio.

A utilização da maquinha é fácil e intuitiva. Todo o processo é feito no teclado do aparelho – a tela não é touch screen. Não há a necessidade de baixar nenhum aplicativo para efetivar as transações – a exceção são os cartões com tarja magnética. Os valores referentes à negociação são digitados no próprio equipamento, bem como informações como tipo de pagamento (débito, crédito ou voucher) e número de parcelas.

Após a inserção das informações, o cliente irá colocar o cartão na máquina ou aproximá-lo, caso utilize a tecnologia NFC. Não há a impressão de comprovante de pagamento – a máquina não faz esse tipo de procedimento, pois não conta com uma bobina embutida para realizar a impressão. Entretanto, o comprovante pode ser enviado gratuitamente através de uma mensagem de texto SMS para o telefone do cliente.

Uma informação importante que deve ser reiterada. A Minizinha Chip 2 não aceita cartões com tarja magnética. Caso algum cliente ainda utilize este tipo de cartão, a venda terá de ser efetuada através do aplicativo do PagSeguro. O telefone celular só será necessário nesse caso específico.

Conectividade da Minizinha Chip 2

Tecnologia NFC

A conexão é uma das principais vantagens disponíveis dessa máquina, pois não há a necessidade de fazer pareamento com um aparelho de telefone celular. De maneira simples, não há razão para se preocupar com esse tema, pois a Minizinha Chip 2 vem com tudo que é necessário para que ela funcione imediatamente após a encomenda chegar na sua casa.

Não há a necessidade nem mesmo de uma conexão via bluetooth, embora a máquina possua esse tipo de conectividade caso seja da sua preferência.

Todas as transações são feitas através do chip que vem junto com a máquina. O chip já possui pacote de dados ilimitado. Então, é só sair usando o aparelho assim que ele estiver configurado. Mas, caso queira utilizar outro modo de conexão, ela pode ser feita através de uma rede Wi-Fi.

Outra inovação presente nessa nova versão da Minizinha Chip 2 é utilização da tecnologia NFC, cada vez mais comum nos cartões. Caso o cartão do cliente também conte com essa tecnologia ou ele tenha ela no relógio ou no telefone celular, o pagamento poderá ser realizado pela simples aproximação do cartão ou dos equipamentos junto ao visor do aparelho. Não há a necessidade de inserir o cartão na máquina. Esse recurso deixa a transação ainda mais ágil e fácil, pois para valores mais baixos não é necessário sequer digitar a senha.

Minizinha Chip 2 para MEI

MEI

Uma das características da Minizinha Chip 2 é a limitação da quantidade de dinheiro movimentado. Através dela não será possível realizar um grande volume de vendas por dia devido à duração da bateria. Dentro deste contexto, ela se encaixa no perfil de quem é MEI (Microempreendedor Individual), principalmente para o empreendedor que ainda está engatinhando no seu negócio.

Para quem ainda está dando os seus primeiros passos no empreendedorismo, a Minizinha Chip 2 ajuda a ampliar os horizontes, pois aceita as principais bandeiras disponíveis no mercado, além de aceitar voucher de vale-refeição – ressaltando que para ter direito a este último item é preciso ter CNPJ do ramo da alimentação. Dessa forma, a maquininha ajuda a diversificar as formas de pagamento, o que aumenta significativamente a arrecadação.

Ter uma máquina de cartão se tornou decisivo na hora de efetivar uma compra. Imagine o cliente perguntar se você aceita cartão e você ter que responder que não. Muitas pessoas não andam mais com dinheiro e o cartão passa ser a maneira mais eficaz de realizar vendas.

Minizinha Chip 2 ou Moderninha Plus?

Tanto a Minizinha Chip 2 quanto a Moderninha Plus estão entre os modelos mais populares comercializados pelo PagSeguro. As duas possuem muitas características em comum e pequenas diferenças. As diferenças, entretanto, acabam sendo vitais para saber qual delas se enquadra melhor ao seu negócio. A seguir, você verá um comparativo das principais características dessas duas máquinas de cartão.

Preço e taxas

As duas possuem preços considerados acessíveis e não possuem tarifas mensais extras, apenas as comissões referentes às transações. A Miniznha Chip 2 custa R$ 94,80 e pode ser parcelada em até 12 vezes. A Moderninha Plus apresenta algumas vantagens nesse aspecto. Seu custo está em R$ 178,80, podendo ser pago em 12 parcelas de 14,96. Porém, ela oferece um bônus. Quem adquire este modelo recebe R$ 96 em reembolsos nas taxas. Levando em conta o reembolso, o seu custo final ficará em R$ 82,80, equivalente 12 vezes de R$ 6,90.

Funcionamento

Aqui há um detalhe, embora não seja dos mais relevantes, que diferencia os dois modelos. Ambas funcionam por meio de chip e não precisam estar vinculadas a um aparelho de telefone celular para efetivar as transações. Porém, as tecnologias dos chips são diferentes.

A Minizinha Chip 2 utiliza a tecnologia GPRS. Esse tipo de tecnologia não usa dados móveis das redes 2G ou superiores. O chip que vem com a Moderninha Plus funciona com a rede 2G. Na comparação entre elas, a Moderninha encerra a transação de maneira mais rápida, mas o chip da Minizinha funciona sem problemas.

Tanto uma quanto a outra possuem chip sem custo, além de contarem com dados ilimitados para quem as adquirir.

Principais cartões aceitos

Esse é outra característica que diferencia as duas maquininhas. A Minizinha Chip 2 aceita pagamentos com cartões com chip ou que tenham a tecnologia NFC. Caso o cliente queira pagar em um cartão que utilize tarja magnética, será preciso utilizar o aplicativo do PagSeguro para efetivar a transação.

A Moderninha Plus, além de contar com a tecnologia NFC e pagamento por chip, também possui a opção para pagamento por meio de tarja magnética.

Embora seja cada vez mais raro a utilização de cartões que funcionam somente com tarja magnética, essa é uma função a mais disponibilizada pela Moderninha Plus.

Esse é um upgrade da Moderninha Plus em relação a Minizinha Chip 2. O visor da Moderninha é colorido e um pouco mais intuitivo do que o da Minizinha, que também é de fácil entendimento. A Minizinha conta com uma tela monocromática.

Outras características

  • Os dois modelos podem ser compartilhados com até seis contas vinculadas ao PagSeguro
  • Tanto um modelo quanto o outro podem ser utilizados por pessoas físicas ou jurídicas
  • A garantia de ambos os aparelhos é de 5 anos
  • Nenhuma das duas máquinas cobra aluguel ou taxa de adesão
  • As taxas das transações são as mesmas para os dois aparelhos
  • Ambas as máquinas aceitam as mesmas bandeiras de cartão e de voucher

Um grande diferencial da Moderninha Plus está no volume de vendas. A capacidade dela é maior do que a da Minizinha Chip 2. Esse pode ser um fator vital sobre a decisão de qual dos dois modelos comprar.

Nenhum dos dois aparelhos conta com bobina para a impressão de comprovante de compra. Eles podem ser enviados gratuitamente por mensagem SMS pelos dois aparelhos.

As taxas cobradas pelo PagSeguro são as mesmas nas duas máquinas de cartão.

A bateria das duas possui boa autonomia. Por ter um visor colorido, a Moderninha Plus possui uma duração de bateria um pouco menor comparada à Minizinha Chip 2.

Onde comprar a Minizinha Chip 2?

Há uma grande variedades de lugares que vendem a Minizinha Chip 2. Diversas lojas online oferecem esse modelo de máquina de cartão.

O site oficial do PagSeguro é uma das opções. Grandes lojas como Magazine Luiza, Amazon, entre outras redes, também comercializam a maquininha.

Principais bandeiras aceitas

As bandeiras mais populares no mercado são aceitas pela Minizinha Chip 2. Essa dificilmente será uma preocupação para quem adquirir essa maquininha de cartão. Lembrando que ela também aceita vouchers (vale-refeição). Porém, existem máquinas que aceitam uma quantidade ainda maior de bandeiras. Esse pode ser outro fator relevante na hora de decidir sobre qual modelo de maquininha comprar.

Confira abaixo as bandeiras aceitas pela Minizinha Chip 2.

  • Débito: Visa, Maestro, Elo, Banricompras (Banrisul) e Cabal
  • Crédito: Visa, Mastercard, Elo, Hiper, Hipercard, Cabal, American Express e Dinners
  • Vouchers: Ticket, VR, Sodexo e Alelo

Ficha técnica Minizinha Chip 2

Esse modelo é bastante prático devido ao seu tamanho e ao seu peso. Por ser leve, facilita a vida de quem vive em constante deslocamento, embora a leveza deixe a Minizinha Chip 2 com um aspecto mais frágil. Ela também possui excelente autonomia de bateria.

Confira a seguir todos os itens da ficha técnica do aparelho.

  • Tamanho: 10,4 cm de comprimento; 6,1 cm de largura; e 1,75 cm de altura
  • Peso: 115g
  • Bateria: 10 horas (após 8 horas de carregamento)
  • Conectividade: Wi-Fi e Chip
  • Garantia: 5 anos
  • Teclado: físico
  • Visor: monocromático
  • Tecnologia: NFC
  • Voltagem: bivolt
  • Acessórios: adesivo das bandeiras aceitas pela máquina; cabo USB para recarregar a bateria; e manuais de instruções.

Prós e contras da Minizinha Chip 2

A Minizinha Chip 2 conta com muitas características que ajudam a vida de quem a adquire. As limitações são poucas, mas podem ser importantes caso você possua um negócio com um volume de vendas maior.

Entre os principais benefícios deste modelo está a tecnologia NFC, que agiliza o processo; a aceitação de inúmeras bandeiras, que aumenta o alcance do seu negócio; e não precisar estar conectada ao aparelho de telefone celular e ter uma bateria de vida longa, o que facilita quem passa a maior parte do tempo na rua.

Além de efetuar um baixo volume de vendas diário, o equipamento apresenta um outro limitador: por ser pequeno e leve, ele possui alguma fragilidade.

Dentro desses principais aspectos, a Minizinha Chip 2 torna-se um modelo de maquininha mais apropriado para quem está engatinhando no seu negócio ou ainda não possui um grande volume de vendas.

Prós da Minizinha Chip 2

  • Possui baixo custo de aquisição e não cobra nenhum tipo de tarifa extra
  • Não precisa de um telefone celular para funcionar
  • O cadastro é feito sem a necessidade de ter uma conta bancária
  • Aceita as principais bandeiras de cartão e vouchers de vale-alimentação
  • A Bateria tem boa autonomia, com duração de até 10 horas
  • A garantia é de cinco anos
  • A máquina vem com cartão PagBank

Contras da Minizinha Chip 2

  • Possui aparência frágil por ser pequena e muito leve
  • Aceita apenas um volume baixo de vendas
  • O valor da compra entra primeiro na conta virtual do empreendedor
  • Há necessidade de baixar um aplicativo para pagamentos de cartões que utilizam somente tarja magnética