A maquininha de cartão Minizinha NFC é boa?

Minizinha NFC

O PagSeguro lançou no fim do ano de 2020 mais um modelo de maquininha de cartão com características atrativas. As principais vantagens da nova Minizinha NFC são o baixo custo para o empreendedor, a praticidade para manusear o aparelho e a utilização da tecnologia NFC, cada vez mais comum entre os consumidores brasileiros. Existe ainda mais um grande atrativo. Ela é aceita cartões de débito e de crédito das bandeiras mais populares e vouchers de vale-alimentação.

Porém, o modelo possui algumas restrições que podem ser um problema dependendo do seu perfil de negócio. Entre as desvantagens está a sua aparente fragilidade por ser pequena e muito leve e a necessidade de utilizar o telefone celular ou tablet para efetuar as transações. Outra questão que pode ser problemática é a autonomia da bateria que é baixa, o que limita o volume diário de transações.

Se você pensa em adquirir a Minizinha NFC, mas está em dúvida se ela é a máquina certa para o seu tipo de negócio, aqui você encontrará as respostas para os seus questionamentos. Ao final do texto, você terá em mãos uma grande gama de informações para tomar a sua decisão e saber se vale a pena ou não fazer essa aquisição ou se o seu perfil pede um outro tipo de modelo.

Minizinha NFC é boa?

Minizinha NFC é boa

Abaixo, confira as taxas da Minizinha NFC

A Minizinha NFC pode ser considerada um bom modelo de entrada no mundo do empreendedorismo. O aparelho permite que você diversifique o seu negócio e não dependa apenas de pagamento em dinheiro ou transferência bancária para fazer uma venda. Ela possui alguns aspectos peculiares e alguns limitadores.

Comparada com a Minizinha Chip 2, por exemplo, ela apresenta uma quantidade menor de recursos. Ela pode ser a solução ideal caso você esteja em busca de um modelo com um custo mais e que possa ser transportado com bastante facilidade. Caso o seu volume de transações seja elevado ou você passe longos períodos sem poder carregar o aparelho por estar o tempo todo na rua, você poderá enfrentar dificuldades se tiver em mãos uma Minizinha NFC.

O principal atrativo desse novo modelo oferecido pelo PagSeguro é a opção de pagamento utilizando a tecnologia NFC. Essa é uma tecnologia que tem se popularizado cada vez mais no Brasil. Ela torna o pagamento mais ágil e fácil. NFC é a sigla em inglês para Near Field Communication (Comunicação de Campo Próximo, em português). Essa maquininha permite que o pagamento seja efetuado através da aproximação do cartão na máquina.

Aqui no Brasil, ela vem sendo popularmente chamada de “pagamento por aproximação”. Caso o cartão do cliente também conte com a tecnologia, não há a necessidade da inserção do cartão na máquina. O pagamento também pode ser feito através da aproximação do telefone celular ou do smartwatch. Em vendas com valor baixo, não há a necessidade sequer de digitar a senha para efetivar a trasação.

Outro diferencial desse aparelho é o baixo custo, como veremos mais adiante neste artigo.

Semelhanças e diferenças com a Minizinha Chip 2

O design da Minizinha NFC é bastante similar ao da Minizinha Chip 2. A principal diferença está nas dimensões do equipamento. A NFC é ainda menor que a Chip 2. Como consequência, o visor monocromático também tem o seu tamanho reduzido, embora seja maior do que na versão anterior. Não é nada que vá gerar uma dificuldade na vida do empreendedor ou do cliente. Assim como os outros modelos da empresa, ela conta com garantia de cinco anos.

A principal diferença entre os dois modelos é que uma conta com chip e a outra não. Enquanto a Minizinha Chip 2 conta com um chip embutido, a Minizinha NFC precisa ser pareada com um telefone celular ou tablet para funcionar.

São aceitos três tipos de pagamentos: débito, crédito e voucher de vale-refeição. Entretanto, para poder aceitar o pagamento por voucher é necessário que você tenha um CNPJ ligado ao setor de alimentação.

Ela pode ser adquirida tanto por pessoas físicas quanto por jurídicas. Também não há a necessidade de já ter conta bancária em seu nome. Também é possível fazer a transação com cartões que ainda utilizam tarja magnética. Porém, nesses casos, todo o procedimento terá de ser feito através do aplicativo do PagSeguro no celular.

Pontos negativos da Minizinha NFC

A partir deste ponto, a Minizinha NFC apresenta algumas limitações que podem ser decisivas na hora de escolher a maquininha ideal para o seu negócio. O PagSeguro possui diversos modelos que chegam ao empreendedor com um chip gratuito e com dados móveis ilimitados embutido. O mesmo não acontece com a Minizinha NFC.

O aparelho precisa estar pareado com um telefone celular ou tablet para que as transações possam ser efetivadas. Ou seja, os dados utilizados nos pagamentos entrarão na sua conta de utilização de dados móveis , caso o aparelho não esteja conectado a uma rede Wi-Fi. O pareamento entre a máquina e o celular ou tablet é feita a partir de uma conexão bluetooth.

A autonomia da bateria pode ser considerada baixa se comparada a de outras máquinas com características semelhantes. Ela dura até 4 horas. A bateria da Minizinha Chip 2 tem autonomia de até 10 horas, por exemplo. Caso você passe o dia na rua, sem a possibilidade de recarregar a Minizinha NFC, isso pode ser um problema. A baixa capacidade da bateria também acaba diminuindo a capacidade do seu volume de vendas. Se o seu negócio tem uma alta rotatividade, provavelmente esse não seja o modelo mais adequado para as suas necessidades.

Junto com o aparelho vem incluso um carregador com entrada USB. Mas se você tiver um adaptador, também poderá recarregar a bateria com energia elétrica.

Taxas da Minizinha NFC

Taxas da Minizinha NFC

Abaixo, confira as taxas da Minizinha NFC:

  • Taxa para o débito: 1,99%
  • Taxa para o crédito à vista: 4,99%
  • Taxa para o crédito parcelado: 5,59% + acréscimos por parcela

As taxas vinculadas ao uso da Minizinha NFC seguem o padrão utilizado pelos demais modelos do PagSeguro. Elas são tarifas bastante competitivas e possuem algumas vantagens quando comparadas com as aplicadas por outras empresas do ramo.

Entre as vantagens está o fato de não existir a cobrança de aluguel. O mesmo vale para a taxa de adesão. Outro fator relevante é que não há nenhum tipo de taxação fixa vinculada ao aparelho. Todas as tarifas cobradas são proporcionais ao volume de vendas.

Se por algum motivo você tiver que ficar algum período sem utilizar a sua máquina de cartão, nenhuma cobrança será realizada durante a inatividade do seu negócio. A partir do momento em que você compra esse equipamento, ele passa a ser seu. O único custo que você terá é a cmissão cobrada pela operadora pela realização de vendas por meio da maquininha.

Se você estiver adquirindo a sua primeira máquina de cartão, existe um bônus oferecido pela PagSeguro. Não há cobrança de taxas nos três primeiros meses de utilização do aparelho ou até você atingir os primeiros R$ 1.500 arrecadados em vendas através da Minizinha NFC.

As taxas proporcionais seguem o padrão cobrado pela empresa em seus outros modelos disponíveis no mercado. Em vendas efetuadas no débito, a comissão cobrada é de 1,99% das vendas no primeiro ano de utilização da maquininha. Nos anos seguintes, o índice cobrado é elevado para 2,39%.

Um ponto significativo é a liberação imediata do valor arrecadado para o empreendedor. Porém, há um limitante. O dinheiro cai na sua conta virtual do PagSeguro – como veremos mais adiante - e, só depois, você poderá fazer a transferência para sua conta em qualquer instituição bancária, seja ela conta-corrente ou conta-poupança.

Pagamento com cartão de crédito

No cartão de crédito os índices das tarifas são um pouco mais altos quando compradas ao débito. Em transações realizadas no crédito à vista e com pagamento imediato ao empreendedor, a taxa cobrada pelo PagSeguro é de 4,99%.

A venda efetivada de maneira parcelada no crédito, com o valor sendo disponibilizado ao vendedor imediatamente, é de 5,99%. Caso a opção seja por receber o valor do pagamento em 14 dias, as taxas são um pouco menores: 3,99% em vendas feitas à vista e 4,59% em negociações efetivadas a prazo. Se a opção para receber o pagamento for por um período de 30 dias, as taxas caem ainda um pouco mais: 3,19% em pagamentos à vista e 3,79% a prazo.

A comissão varia conforme o número de parcelamentos. A operadora permite que a compra possa ser feita em até 18 vezes. Quanto maior o número de parcelas, maior a porcentagem que será cobrada por parte do PagSeguro.

O valor recebido fica disponível de maneira imediata na a conta virtual do PagSeguro. Ao adquirir a máquina você recebe um cartão internacional PagBank para ter acesso à conta e poder fazer compras e saques com ele. Essa é uma característica importante para quem não possui conta em banco.

Os saques podem ser realizados na rede Banco 24horas. Existe o pagamento de uma taxa a cada saque efetivado. O cartão também está liberado para realizar compras pela internet e realizar pagamentos. Existe também a opção de efetuar a transferência do valor para uma conta de qualquer banco de maneira gratuita, seja ela conta-corrente ou poupança.

Veja na prática como funcionam as taxas da Minizinha NFC

Para não ficar tão abstrato como funcionam as tarifas cobradas pelo PagSeguro na utilização da Minizinha NFC, vamos apresentar um exemplo hipotético para que fique mais nítida a maneira como funciona a cobrança de taxas dessa máquina de cartão. Vamos supor que você efetivou uma transação no valor de R$ 1.000 (mil reais). Caso o pagamento seja realizado no débito, entrará na hora em sua conta no PagBank o valor R$ 976,10.

Mas se a opção de pagamento escolhida pelo cliente for o crédito à vista, você receberá ao final da transação R$ 950,10, caso opte por receber o pagamento instantaneamente em sua conta virtual. Se a sua escolha for para que o valor seja creditado na conta virtual em 14 dias, você embolsará R$ 960, 10. Porém, se a alternativa de recebimento do Pagamento for após o período de 30 dias, R$ 968,10 entrarão na sua conta virtual.

Por fim, nos casos em que o negócio tenha sido efetuado na opção crédito parcelado, a quantia a ser recebida estará atrelada ao número de parcelas – a transação pode ser realizada em até 18 vezes. Porém, tenha em mente que quanto mais parcelas forem feitas, maior a tarifação realizada pelo PagSeguro.

Caso a transação seja realizada em duas parcelas, o pagamento na hora renderá a você R$ 900,90. A opção de receber o pagamento em 14 dias significará que entrará um valor de R$ 910, 90 na sua conta virtual. E em 30 dias, o valor arrecadado será de R$ 918,90.

Apenas para servir como um exemplo de comparação, caso o parcelamento seja feito em 12 vezes, os valores que serão creditados na conta virtual serão de R$ 774,10, caso seja feito na hora. O crédito será de R$ 784,10, caso seja realizado em 14 dias. E valor arrecadado será de R$ 792,10, caso a opção escolhida seja por receber em 30 dias.

A diferença, nesse caso hipotético, entre a cobrança em duas parcelas com o valor caindo na conta virtual em 30 dias e a transferência do valor de maneira imediata no parcelamento em 12 vezes é de R$ 144,80.

Preço e custos da Minizinha NFC

Um dos principais diferenciais que quem compra a Minizinha NFC terá é o seu baixo custo. Dos modelos oferecidos pelo PagSeguro, ela é a que tem o preço mais em conta. Além de ter um custo de compra bastante reduzido, esse aparelho não tem nenhum tipo de cobrança fixa. Depois de adquirir a máquina, o único custo será a taxação relativa às transações que você realizar com a máquina.

A Minizinha NFC custa R$ 58,80. O pagamento pode ser parcelado em até 12 vezes de R$ 4,90. O pagamento pode ser realizado tanto no cartão de crédito quanto no boleto à vista. Ressaltando, que o aparelho conta com cinco anos de garantia.

Como funciona a Minizinha NFC?

Para funcionar, a maquininha precisará estar conectada a um aparelho de telefone celular ou a um tablet. A conexão entre os dois equipamentos será feita pela tecnologia bluetooth. Mas antes de começar a utilizar a Minizinha NFC, alguns passos precisam ser dados.

A compra é feita de maneira rápida, fácil e sem nenhum tipo de burocracia. Você não precisa apresentar documentos nem comprovantes de renda e nem passar por uma análise de crédito. Também não é necessário ter uma conta bancária vinculada ao seu CPF, caso você seja pessoa física. Quem não possui conta em banco, terá a sua disposição uma contra virtual criada automaticamente no PagBank. Ela estará vinculada à sua máquina. A conta também será criada para aqueles que já possuem uma em um banco. Todos os valores serão depositados na conta PagBak. O frete da entrega do aparelho é gratuito.

Depois que a sua máquina de cartão chegar na sua casa ou no seu estabelecimento, será preciso ativá-la. Para isso, será necessário realizar o pareamento com o seu aparelho de telefone celular ou o seu tablet. A configuração é realizada através do aplicativo gratuito do PagSeguro Vendas.

Após entrar no menu inicial, vá na seção Meus Leitores e selecione a Minizinha NFC para finalizar a configuração. Cuidado, entre as opções disponíveis aparecerá a versão antiga da Minizinha. Esteja atendo para não selecionar o item errado. Siga os passos indicados no aplicativo para terminar o pareamento entre o celular ou tablet com a sua nova maquininha.

A máquina funciona tanto no sistema operacional Android quanto no iOS. No Android, é preciso ter instalada a versão 2.3 ou superior. No caso do iOS, ela é compatível a partir da versão 7. A maquininha não funciona com o Windows Phone.

Na hora de fazer a cobrança, você também terá de utilizar a conexão bluetooth com o celular ou o tablet. O valor a ser cobrado deverá ser digitado no aplicativo instalado no aparelho de telefone celular ou tablet. Depois, será preciso escolher a modalidade de pagamento: débito, crédito ou voucher.

Depois de confirmadas as informações da venda, o cliente deve inserir o cartão na máquina para, na sequência, fazer a digitação da senha. No caso de cartões que ainda utilizam a tarja magnética, os dados do cartão são digitados diretamente no aplicativo, com a maquininha sendo utilizada somente para a inserção da senha por parte do cliente.

A Minizinha NFC não possui bobina para imprimir os comprovantes de compra. Caso o comprador queira o comprovante, o envio pode ser realizado de duas maneiras: ou por mensagem SMS ou por e-mail.

A tecnologia utilizada durante toda a transação é a criptografia. Isso significa que os dados não ficam armazenados em nenhum lugar, garantindo a segurança da operação para o cliente.

Com o aplicativo PagVendas é possível realizar o estorno da compra, caso necessário, em até 24 horas depois da transação ser concluída. Caso esse período tenha sido ultrapassado, será preciso acessar a sua conta virtual do PagSeguro para conseguir efetivar o estorno do valor.

Tecnologia NFC (pagamento a distância)

NFC (pagamento a distância)

A principal novidade nessa nova versão da Minizinha é a tecnologia NFC. Essa tecnologia está sendo cada vez mais utilizada pelos usuários de cartões de crédito e débito brasileiros. Após a inserção dos dados da venda no aplicativo do PagSeguro, o cliente tem de aproximar o cartão da máquina. Após o reconhecimento dele, basta digitar a senha – em transações de valores baixos, nem mesmo a senha precisa ser digitada. É tudo automático. Não há a necessidade de inserir o cartão na maquininha para que a cobrança seja efetuada.

O cliente também pode ter essa tecnologia configurada em outros dispositivos, como telefone celular ou smartwatch. Nesses casos, a aproximação será realizada com um dos aparelhos citados.

Onde comprar a Minizinha NFC?

Não há dificuldades para encontrar a Minizinha NFC no mercado. Diversos sites e lojas online realizam a venda do equipamento.

Entretanto, o mais comum é efetivar a compra através do site oficial do PagSeguro. Além da página oficial da Minizinha NFC, grandes lojas online como Magazine Luiza, Amazon, entre outras redes famosas, também comercializam a maquininha.

Principais bandeiras aceitas pela Minizinha NFC

Principais bandeiras Minizinha NFC

As bandeiras aceitas pela Minizinha NFC são as mesmas que funcionam nas outras máquinas vendidas pelo PagSeguro. É incomum que o empreendedor venha a ter problemas relacionados a esse tema, pois as principais operadores de cartões são aceitas por essa maquininha.

Além de cartões de débito e crédito, também são aceitas algumas bandeiras de voucher (vale-refeição). É importante frisar que existem outros modelos de máquinas, geridas por outras empresas, que aceitam uma quantidade maior de bandeiras.

Confira abaixo as bandeiras aceitas pela Minizinha Chip 2.

  • Débito: Visa, Maestro, Elo, Banricompras (Banrisul) e Cabal
  • Crédito: Visa, Mastercard, Elo, Hiper, Hipercard, Cabal, American Express e Dinners
  • Vouchers: Ticket, VR, Sodexo e Alelo.

Ficha técnica

Esse modelo é bastante prático devido ao seu tamanho reduzido e ao seu peso baixo. Por ser bastante leve, a Minizinha NFC facilita a vida de quem vive em constante deslocamento, embora a leveza deixe o aparelho com um aspecto mais frágil. A baixa autonomia da bateria pode ser um fator que interfira na hora de escolher a máquina de cartão que mais se enquadre nas suas necessidades.

Confira a seguir todos os itens da ficha técnica da Minizinha NFC.

  • Tamanho: 10 cm de comprimento; 5,9 cm de largura; e 1,35 cm de altura
  • Peso: 88g
  • Bateria: dura até 4 horas
  • Conectividade: Bluetooth ou Wi-Fi
  • Garantia: 5 anos
  • Teclado: físico
  • Visor: monocromático
  • Tecnologia: NFC
  • Voltagem: bivolt
  • Acessórios: junto com a Minizinha NFC, você recebe adesivo das bandeiras aceitas pela máquina; cabo USB para recarregar a bateria; e manual de instruções.

As especificações técnicas deixam bastante claro que a Minizinha NFC é uma máquina com recursos básicos – a sua grande novidade é a utilização da tecnologia NFC, que não estava disponível na versão anterior.

As limitações técnicas podem interferir no seu volume de vendas, principalmente pela baixa autonomia da bateria. Esse modelo é mais recomendado para quem ainda está começando como empreendedor por ter um baixo custo e ser fácil de manusear, embora precise ter a bateria recarregada com constância.

Caso essas características se enquadrem no seu perfil de negócio, a Minizinha NFC é uma boa pedida para você.